sexta-feira, janeiro 28, 2005

E o advogado do ano é...

O grande advogado de Lucílio Batista. O árbitro foi ouvido no âmbito do processo 'Apito Dourado' (A.K.A. 'Apito Azulado' ou Apito Axadrezado'), e à saída o seu simpatiquíssimo advogado recusou-se a responder a qualquer jornalista, até ao que lhe perguntou o nome, isto quando os deixava colocar questões. So lhe faltou dar uma estalada a cada um! Causa alguma suspeita, ou é impressão minha?
Viva a democracia em Portugal, aquela que já nem os advogados respeitam, não deixando os jornalistas fazer o seu trabalho, mesmo quando este é tão simples como descobrir um nome.

Carlos Barrocas