segunda-feira, março 14, 2005

Definições

Se o futebol tivesse justiça...

Mas não tem e o Sporting voltou a perder terreno na luta pelo título, ao perder com o Penafiel, uma equipa que só se preocupou em defender e, indo pouco mais de duas vezes à baliza do SCP, marcou dois golos. Custa perder assim, embora o SCP não tenha feito um jogo brilhante, jogou mais do que o suficiente para ganhar. Continua-se, depois de mais uma derrota, sem se perceber como é possível uma equipa jogar tão bem num jogo, e, no seguinte, não fazer metade daquilo que sabe. Aguardam-se cenas dos próximos episódios.

José Couceiro disse que, à entrada para esta jornada, apenas duas equipas dependiam delas próprias para ganhar o campeonato (FCP e SCP). O que é certo é que, depois de mais um fim-de-semana negro, a única equipa que depende de si é...o Benfica.

Será que o campeonato começa a definir-se e este vai ser o ano dos lampiões? Não acredito. O SLB até pode ganhar o campeonato, mas com os jogos que ainda faltam disputar, com o calendário que o SLB tem, e com a irregularidade que tem pautado toda a época, não é possível fazer qualquer previsão. O que é certo hoje (que o SLB está em primeiro e que todos gostariam de estar na sua posição) para a semana pode já não o ser.

Acredito, no entanto, em duas coisas: que caso o SCP perca, na próxima semana, com o FCP diz adeus em definitivo ao título, e que, seja quem for o campeão (SCP, SLB, FCP Braga ou Boavista), vai ser um campeão medíocre. Num campeonato que, normalmente, se ganha pela regularidade, o vencedor, no final, vai ser aquele que, semana após semana, foi o menos medíocre. Será esta a tão desejada competitividade? Ou teremos apenas um campeonato emotivo? Inclino-me (muito) mais para a segunda.

Carlos Barrocas