domingo, agosto 27, 2006

Deste Lado do Espelho

Somos todos Plutões

Pois, ainda não me apetece discorrer sobre o que se está a passar no futebol cá do rectângulo. Até agora, só me apercebi que há um jovem chamado Mateus ( que se mantém muito discreto ) e que já andam 'à pancada' pelo menos quatro clubes: Gil Vicente, Belenenses, Leixões e Benfica. Confesso, por outro lado, que antes isto que a história da Elsa Raposo.
Segue-se que voltei a Plutão ( salvo seja ), nem que seja para fazer uma justa homenagem áquele que foi, mas já não é. Foi planeta, com direito a uma 'lua' e tudo. Essa 'lua' denominava-se Caronte, nome dado ao barqueiro que transportava as almas dos mortos para o outro mundo. Hoje, diminuíram-no, encolheram-no ainda mais, deram-lhe a dimensão de uma pasta zipada, como se diz na informática. É por causa de ser muito pequeno, dizem. Ora, histórias, dizemos nós. Tamanho não é documento.
Plutão teve, como padrinho de baptismo, o deus romano do mesmo nome. Isto de os afilhados receberem os nome dos padrinhos, às vezes, dá azar, posto que o tal deus presidia ao reino dos Infernos, também conhecido pelo reino da Morte. Mau presságio, pois, para o pobre planeta ... Já o nome da sua 'lua', como vimos atrás, não augurava nada de bom.
Quisémos saber mais pormenores sobre este assunto. Como levamos muito a peito a tarefa de brincar com coisas sérias, contactámos Plutão, directamente. Sem resultado, porém. O planeta mandou dizer, por um asteróide, que 'tinha entrado em recolhimento, para fazer meditação' e, portanto, nada comentaria. Aproximámo-nos dos outros planetas, que foram mais cooperantes.
Vénus, por exemplo, veio toda dengosa, de ancas a abanar e confidenciou-nos, com um sorriso maroto, que 'o Plutão pode ser pequeno, mas não é nada anão, e chega muito bem onde os outros chegam'. Já Saturno declarou que 'estava disposto a ceder um dos seus anéis se deixassem o Pluto em paz'. 'É um gajo impecável', acrescentou. 'Fomos muita vez para os copos. Ele pagava sempre ! Não há direito o que lhe estão a fazer !' Os restantes planetas secundaram a opinião dos colegas. Só a Terra ficou calada na sua órbita, sofrendo os esgares e piscadelas de olho dos outros. Fora do seu globo que partira a decisão de ostracizar Plutão. Nada podia fazer, porém. Por isso, prosseguiu na sua órbita de mais um dia.
Júpiter acrescentou que a indignação é geral, pelo que estão todos a pensar fazer uma manifestação e, talvez, um corte da Via Láctea, em data a anunciar. Ficamos a aguardar a evolução dos acontecimentos.
Termino, não sem que uma sensação de arrepio me invada a espinha. Por que será ?