segunda-feira, fevereiro 20, 2006

Notas de um breve apagão*

Mesmo com o quarteirão mergulhado na escuridão, as actividade das prostitutas não pára.

(*ou "as coisas que se vêem da minha janela")

João Campos

1 Comments:

Blogger Ana said...

Há que trabalhar, amigo João, há que trabalhar!:)*

2:31 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home