segunda-feira, maio 23, 2005

A chama imensa.

É algo de metafísico aquilo que enche o sentimento a que chamo "Ser do Benfica". No meu caso, como em tantos outros milhões, o interesse pelo jogo é uma função a tender para zero e comentários como "Paulo Almeida é grande jogador!" confirmam que sou tão especialista em assuntos técnico-tácticos (expressão plagiada ao mestre Gabriel Alves) como um tal Peseiro. O argumento que mais se ouve dos adeptos dos outros clubes é que o benfica não joga bom futebol. Espero ainda pela definição etimológica de "bom futebol". Estarei enganado ao pensar que o futebol é feito para ganhar?!? Ou será o tal 'bom futebol' o objectivo em vez do golo?!?
Mas nada disso se correlaciona com o vibrar que hoje sinto em ver, depois de tanto tempo, o benfica campeão.
Remetendo para a minha área profissional (a económica) e sabendo que um dos factores que influência o crescimento do PIB é, entre outros, a confiança dos consumidores e a taxa de natalidade, espero ansiosamente pelos próximos dados do Eurostat e ver a nação lusa lutar pelo pódio e deixar de vez a cauda da tabela. Com a saída de Santana Lopes de S. Bento, a ida de Durão Barroso para Bruxelas e o Benfica campeão reunimos todas as condições para sair do buraco...a menos que o 'Sr. Silva' decida candidatar-se às presidenciais e todo este esforço se esfume.

P.S.: Sendo este blogue uma das minhas paragens diárias obrigatórias, queria nesta ocasião agradecer o convite para escrever neste espaço e cumprimentar os restantes companheiros de prosa, aproveitando para elogiar de forma sincera aquilo que aqui vêm escrevendo.

João Teago Figueiredo

1 Comments:

Blogger Carlos Barrocas said...

Antes de mais benvindo
Concordo em absoluto: quem ganha os jogos é quem marca os golos e não quem joga melhor. As vitórias morais nunca ganham troféus (porque se tal acontecesse o SCP já não tinha sítio para por tanto campeonato!)embora seja sempre um refúgio para aqueles que não gostam de perder.
No entanto, se o SLB continuar a jogar assim, arrisca-se a tornar-se num cometa, aparecendo só de 11 em 11 anos. É que campeonatos em que o FCP perde 24 (!)pontos em casa e o SCP não consegue duas exibições boas seguidas não acontecem todos os anos. E reconheça-se que, numa época normal (com FCP e SCP a não perder tantos pontos), o SLB nunca conseguiria mais pontos do que aqueles que conseguiu, logo...
Mas parabéns, para o ano cá estamos novamente.

12:20 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home