sábado, outubro 08, 2005

Tipologia do aluno


"Trazem sempre os cadernos imaculados, com argolinhas nas folhas que teimam em cair. O seu estojo é um sarcófago de canetas multicolor e borrachas que nunca se gastam. Não escrevem nos manuais para não "estragar". Sublinham os sumários com cores diferentes consoante a disciplina ou o dia da semana. Perdem tempo, no fundo, com uma multiplicidade de tarefas desnecessárias que servem para encobrir o facto de nada terem para dizer ou acrescentar ao que é dito na aula. Fazem os exercícios a medo, e quando são chamados a responder lá vem a vozinha sumida, entre a quebra de tensão e o enjoo, e a medo respondem qualquer coisa."

Nest post, Gold descreveu os alunos de CE da ESCS e nem se apercebeu!
Susana

7 Comments:

Anonymous Vera F. said...

Ainda n vi ning de CE perder tempo com uma "multiplicidade de tarefas desnecessárias que servem para encobrir o facto de nada terem para dizer ou acrescentar". Bem pelo contrário, vejo pessoas que se esforçam ao máximo e que ocupam o tempo com uma "multiplicidade de tarefas" necessárias, que ao fim e ao cabo lhes roubam o tempo para amigos, familia, namorados, hobbys... Talvez a "vozinha sumida" seja consequência do seu cansaço e de mais ninguém os entender a não ser eles próprios. Mas isto é só a minha opinião. Mas, na verdade, acaba por ser a opinião de alguém que vive isto por dentro!

5:19 da tarde  
Anonymous João Campos said...

Eu já vi algumas, Vera. Mas isso em si nada quer dizer. Algumas das minhas melhores amigas está em CE. Há lá excelentes pessoas.

De resto, quanto a isso de ninguém os entender a não ser eles próprios, concordo. Mais: é basicamente o mesmo para a malta de Jornalismo, quando os de CE dizem que eles não fazem nada :p

5:56 da tarde  
Blogger Pakalolo said...

Verinha, o texto remete para uma situação de aula e, pelo que me pude aperceber pelas aulas a que assisti com ambas as turmas do 2º ano de CE, acho que não foge muito à verdade. É claro que isto tem uma explicação: o excesso de trabalhos com que vos sobrecarregam, exigindo de vocês um esforço extraordinário e muitas horas de dedicação, o que vos impede - como muito provavelmente me impediria a mim e aos restantes alunos de Jornalismo - de (entre outras coisas) descansar devidamente e, consequentemente, de estar a 100% nas aulas. Mas isto não desmente o facto de a vossa performance nas aulas ser francamente fraca (sobretudo em comparação com determinadas aulas de Jornalismo, nomeadamente Semiologia e SCS), apenas o justifica.
Fui muitas vezes testemunha do vosso esforço notável (bem vos vi passar horas a fio pregadas às cadeiras e às mesas do -1 a trabalhar), e ouvinte atenta do vosso queixume. E, quanto a isso (mas apenas a isso, que o que costumam dizer sobre os alunos de J, nomeadamente que eles não fazem nada, também não é verdade), sempre vos dei razão. O post não pretende ser uma afronta nem desvalorizar o esforço de ninguém. Muito menos pretende desrespeitar-vos, seja de que maneira for (bem sabes que te adoro, coração, e que seria incapaz de fazer uma coisa dessas, a quem quer que seja e muito menos a ti, que à razão acrescenta-se-me o afecto, no teu caso). Vejo-me forçada a dizer, para corresponder à mais pura das verdades, que não passou de uma brincadeirinha para divertir o nosso amigo João. Para nos divertirmos os dois, melhor dizendo lol
Bom, acho que está tudo. Só me resta acrescentar uma pequena correcção: isso de que ninguém vos entende a não ser vocês próprios não é totalmente verdade. Há entre os vossos professores uma pessoa extraordinária, que vos adora e que (segundo vocês próprios) faz o que for preciso por vocês. E a quem vocês até têm o hábito de telefonar quando, digamos, se vêem "à rasca". Que vos conhece pelos nomes, pelas manias, e até pelos problemas e factos pessoais. Que faz um esforço para perceber o que se passa. Acredita: nós, em J, não podemos contar com ninguém assim. E digo isto, não com quem se lamenta (nada disso!), mas apenas como quem diz a verdade.
Beijão, suit;)
Susana

9:15 da tarde  
Anonymous Vera F. said...

Cada curso tem as suas especificidades, cada aluno tenta defender o seu:)
Em cada curso há aqueles que basicamente não estão lá a fazer grande coisa, mas n era a esses que me referia, mas sim áqueles que durante um ano inteiro partilharam comigo as mesas do -1 e -2, lugares que, como diziamos, eram a nossa casa. E é por esses que axo o post da susana mt injusto.

PS: João, os de CE já não dizem que os de Jornalismo n fazem nada, agora preferimos atribuir essa característica aos de AM :)

9:20 da tarde  
Blogger Pakalolo said...

É verdade é, João. Mas os de AM, coitados, até eles se queixam de que não têm nada para fazer! LOL
Verinha, a Pipa actua esta noite no Angels. Aparece!;)
beijinhos
Susana

10:12 da tarde  
Anonymous João Campos said...

lolol. Agora são os de AM então? Giro :p Mas então assim já não nos "picamos" uns aos outros? Oh, pá, assim é a escs que fica a perder :p

Agora a sério: Vera, muito francamente, os alunos de CE fazem mais trabalhos do que o resto da escs junta. E depois é como tu dizes, há pessoas e pessoas! Nada contra os seus alunos (tirando um ou dois, mas isso há em todos os cursos), apenas contra alguns dos seus professores (não te deve ser difícil adivinhar quais!). Enfim, o que importa é a malta se dar toda bem - uns com mais trabalho, outros com mais dedicação, outros com mais preguiça. Aliás, esta semana viu-se como nos damos bem, não se viu?*

11:50 da tarde  
Anonymous Vera F. said...

Acredita Susana que n somos assim em todas as aulas, costumávamos ser uma turma mt interventiva, e realmente as aulas a que assististe não são de todo o espelho disso. Nesta perspectiva entendo o que queres dizer, apesar de continuar a achar que não somos bem assim :)Outra coisa, esse pessoa extraordinária já tava englobada, n me esqueci dela;)
João, às vezes costumavámos dizer entre nós, de CE, que na verdade, quando diziamos que que os de AM não faziam nada, era mais a inveja a falar por nós. Porque enquanto eles continuaram a ter uma vida, nós tivémos que abrandar a nossa.
Sim, esta semana, cursos à parte, o convivio falou mais alto! Foi daquelas semanas que nos vamos lembrar o resto do ano e contar os meses pa voltar a repetir. Foi realmente muito boa :D Afinal de contas: NÒS SOMOS COGITATIO!!!!

2:52 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home