sexta-feira, dezembro 16, 2005

Cartas ao Pai Natal II

Pai Natal,
Acordei agora da sesta. Tive um sonho original.
Conversei com a Maria,
E achamos que não é sonho,
Mas uma ideia genial!
Já fui ministro, primeiro-ministro,
E duas vezes presidente deste país.
Está na hora de mudar de ares.
Aceitar novos desafios
Levar mais longe o nome de Portugal!
Ou o meu nome... Como sempre quis.
Como tu tenho já uma certa idade,
E no ventre a mesma proeminência,
Decidi que para o ano quero ser o Pai Natal.
Portanto...
Olha, pá, faz as malas. Desocupa a Lapónia.
Vou ser eu o Pai Natal.
Tem lá paciência.

Assinado: Mário Soares (Ex-deputado. Ex-Primeiro Ministro. Ex-Presidente da Republica. Ex-Deputado Europeu. Futuro Pai Natal)

João Campos

2 Comments:

Blogger AlexandreG. said...

Acredito que não és de ocultar informação, por isso penso que no texto "Cartas ao pai Natal II" a quando da assinatura te falta mencionar: "Ex-lutador antifascista", "Ex-prisioneiro politico","Ex-exilado politico", "Ex-primeiro ministro que nos colocou na Europa", "Ex-primeiro ministro que negociou com o fundo monetário internacional", "Fundador do Partido Socialista", "…" fico-me por aqui! Abraço

2:02 da manhã  
Blogger erü said...

Como disse aquando da publicação da primeira carta, trata-se de um e-mail forward que recebi. Apenas fiz uma breve correção ortográfica, sintáctica e gramatical (porque sou algo exigente no português, e procuro evitar erros). O conteúdo está intacto. Não acrescentei nada em nenhuma das cartas, nem penso acrescentar. A ironia e a piada delas está em lê-las como as recebi (mas com um pouco mais de respeito pelo português, que, coitado, anda pelas ruas da amargura na net).
Abraço

2:30 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home