sexta-feira, outubro 14, 2005

Um reflexo virtual da globalização

Em Portugal, na Eslovénia ou na Islândia, os jovens preferem colocar as suas frases pessoais do Messenger em inglês.

João Campos

3 Comments:

Blogger Daniela said...

um «I love you» será sempre menos comprometedor que um «Amo-te». O reconhecimento da língua materna faz pesar as palavras.

6:04 da tarde  
Blogger Daniela said...

agora que penso nisso... tens muita razão naquilo que dizes mas lembro-me que antes das vertigens da globalização ou até da realidade virtual Garrett socorria-se da palavra «flirt».

6:10 da tarde  
Anonymous João Campos said...

Eu nem estava a falar de algo tão simples como um simples "i love you"; mas de frases bem mais complexas e recheadas de sentidos. Mas sim, já esse reflexo se notava no Garrett. Seria ele pró-americano?

6:36 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home